segunda-feira, 6 de outubro de 2014

POUCOS SÃO, OS QUE VERDADEIRAMENTE, ME CONHECEM POR INTEIRO...!

Quem sou eu? 
Uma menina-mulher 
que sorri para a vida 
com o brilho da esperança no olhar...
A alma, tantas vezes cansada 
o coração tantas vezes ferido...
Mas com uma capacidade de acreditar, 
que cada dia que nasce 
pode ser sempre melhor...
Na carteira, trago as minhas 
tão certas incertezas... 
Os meus medos, 
a fragilidade que me torna tão rija,
que faz de mim tão forte...
No cabelo trago fios dourados 
da aurora ao sol poente...
No olhar o brilho da lua 
onde o amor acontece...
Trago nele também 
o orvalho de tantas manhãs de Inverno, 
e ao mesmo tempo a luz 
radiosa e radiante 
dos mais quentes dias de Verão...
No rosto, 
trago pintadas flores de Primavera 
em traços tão delineados, 
das folhas enrugadas,
pelo Outono da vida...
Sou simples assim...
Cubro-me pela elegância gentil 
que adoça seres, que afaga espíritos...
Sou despida de conceitos e preconceitos...
Não formalizo ideais nem ideias...
Sou única...
Uns amam-me outros odeiam-me...
Poucos são, os que verdadeiramente, 
me conhecem por inteiro...!

(Rómy Pinto)



2 comentários:

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Vengo del blog de Evanir A Viagen y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me hago seguidor de tan bello Espacio, que es el tuyo.
Abraços.

Rómy Pinto disse...

Olá Pedro Luis López Pérez!
Agradeço o carinho das suas palavras...É para mim uma honra tê-lo como meu seguidor! Sinta-se pois muito bem vindo neste espaço, que é a minha casa da alma e do coração e que abre portas para que se sinta você também em casa!
Beijo de luz!